PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Governador da Bahia se reúne com Raúl Castro em Havana

31/10/2017 12h36

Havana, 31 out (EFE).- O presidente de Cuba, Raúl Castro, recebeu em Havana o governador da Bahia, Rui Costa, com quem conversou sobre os laços entre o país caribenho e o estado brasileiro, informou nesta terça-feira a imprensa estatal da ilha.

"Durante o encontro foram destacados os estreitos laços entre a Bahia e Cuba, marcados por raízes históricas e culturais comuns, assim como a colaboração médica cubana dada ao povo baiano através do programa Mais Médicos", afirma uma breve nota no jornal "Granma".

Rui Costa viajou a Cuba para acompanhar a delegação do estado da Bahia que participa da Feira Internacional de Havana (FIHAV 2017), a maior feira comercial do país, que começou ontem e vai até sexta-feira.

No encontro, sobre o qual não foram oferecidos mais detalhes nem fotografias publicadas, também estiveram presentes o ex-governador da Bahia e atual secretário de Desenvolvimento Econômico, Jaques Wagner, e o ministro de Saúde Pública de Cuba, Roberto Morales.

O Brasil é, junto à Venezuela, o principal destino de exportação de serviços médicos cubanos, a primeira fonte de renda da ilha.

Em setembro do ano passado, o Ministério da Saúde Pública cubano esclareceu que continuará sua participação no programa social de saúde "Mais Médicos" enquanto forem mantidas as garantias oferecidas pelas autoridades brasileiras.

Os médicos cubanos se incorporaram a esse programa desde 2013, a pedido da então presidente, Dilma Rousseff.

Atualmente, há no Brasil 11.400 médicos cubanos que prestaram serviços a 3.356 municípios, 83% dos 4.058 incluídos no plano.

A última aparição pública de Raúl Castro, de 86 anos e que provavelmente deixará a Presidência em fevereiro do ano que vem, aconteceu no dia 10 de outubro em Santiago de Cuba, em um ato militar no cemitério de Santa Ifigenia para lembrar o 149º aniversário do início as guerras independentistas do país.

Internacional