Alemanha condena "atentado covarde" em Nova York e "violência sem sentido"

Berlim, 1 nov (EFE).- O governo da Alemanha expressou nesta quarta-feira sua consternação pelo "atentado covarde" que deixou oito mortos e uma dezena de feridos, entre eles uma cidadã alemã, ontem em Nova York e transmitiu sua solidariedade aos Estados Unidos na luta contra "esta violência sem sentido".

"Estou comovido por este atentado covarde em Manhattan. Não há nada que justifique esta violência", declarou o titular de Relações Exteriores da Alemanha, Sigmar Gabriel, em comunicado, ao mesmo tempo em que ressaltou a importância de esclarecer as circunstâncias do ataque, que foi cometido por um imigrante do Uzbequistão.

Gabriel afirmou que combater o terrorismo é algo que cabe a todos e garantiu que o governo alemão está "ao lado dos Estados Unidos na luta contra esta violência sem sentido".

"Desejo às pessoas de Nova York que não se deixem abalar por este atentado. Este ato não poderá acabar com a forma de viver livre e aberta dos nova-iorquinos", disse o ministro alemão.

Gabriel expressou sua solidariedade com os familiares e amigos das vítimas e dos feridos, entre eles uma cidadã alemã, a quem desejou pronta recuperação.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos