Bote que transportava imigrantes é encontrado com 7 corpos no Mediterrâneo

Roma, 1 nov (EFE).- Os corpos de sete pessoas foram localizados nesta quarta-feira em um bote em que que viajavam imigrantes com destino à Itália pelo mar Mediterrâneo, confirmaram à Agência Efe fontes da Guarda Costeira italiana.

A embarcação, na qual viajavam dezenas de imigrantes, foi localizada por uma navio irlandês da operação militar comunitária EUNavforMed na costa da Líbia.

A embarcação estava fora das águas territoriais do país norte-africano, acrescentaram as fontes.

A Guarda Costeira italiana coordenou a operação de resgate de cerca de 900 imigrantes, que chegarão nas próximas horas a portos ainda por definir.

Também participaram do dispositivo de salvamento embarcações de organizações humanitárias, como Médicos Sem Fronteiras (MSF), que interceptou três embarcações e acolheu 500 imigrantes no navio "Aquarius", que compartilha com a SOS Méditerranée.

A MSF afirmou que o resgate chegou a um momento "crítico" quando a embarcação virou e várias pessoas acabaram na água sem coletes salva-vidas, como pode ser visto em um vídeo publicado pela organização no Twitter.

A ONG acrescentou que, apesar da rapidez do resgate, "nesta crítica situação é impossível afirmar" que todos os imigrantes que caíram ao mar tenham sido salvos.

A Itália é o país ao qual tentam chegar milhares de imigrantes que zarpam desde acosta da Líbia para conseguir chegar a território europeu, embora nos últimos meses o fluxo migratório tenha diminuído consideravelmente.

Neste ano, até o dia 31 de outubro, desembarcaram na Itália 111.397 imigrantes, 30,13% a menos que os 159.427 que chegaram no mesmo período do ano passado, conforme a dados do Ministério do Interior.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos