Merkel expressa apoio aos EUA na luta contra o terrorismo

Berlim, 1 nov (EFE).- A chanceler alemã, Angela Merkel, condenou nesta quarta-feira o "horrendo ato de violência" com oito mortos cometido na terça-feira em Nova York e expressou ao presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, o apoio da Alemanha na luta contra o terrorismo.

"A Alemanha está com os Estados Unidos na luta contra o terrorismo. Confiamos na força das nossas sociedades democráticas e na força de convicção de nossos valores liberais", afirmou Merkel em mensagem a Trump.

A chanceler disse ter recebido com comoção as notícias do "horrendo ato de violência" no qual novamente pessoas inocentes foram vítimas, ressaltou.

"Choramos juntos com nossos amigos americanos pelas vítimas desta brutal violência", afirmou Merkel, que em nome do governo alemão condenou energicamente o ato terrorista.

Anteriormente, o ministro de Relações Exteriores alemão, Sigmar Gabriel, havia expressado consternação pelo "pérfido atentado" que também deixou feridos, entre eles uma cidadã alemã, e tinha transmitido solidariedade aos Estados Unidos na luta contra "esta violência sem sentido".

Gabriel afirmou que combater o terrorismo é algo que afeta todos e garantiu que o governo alemão está "do lado dos EUA na luta contra esta violência" que não tem justificativa.

"Desejo ao povo de Nova York que não se deixe abalar por este atentado. Este ato não poderá acabar com a forma de viver livre e aberta dos nova-iorquinos", comentou.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos