Bombardeios em área da oposição perto de Damasco deixam 4 mortos e 20 feridos

Beirute, 2 nov (EFE).- Pelo menos quatro pessoas morreram nesta quarta-feira e outras 20 ficaram feridas após bombardeios de aviões de origem desconhecida contra a cidade de Duma, a maior da região de Ghouta Oriental, principal reduto da oposição ao presidente Bashar al Assad nos arredores de Damasco, capital da Síria.

Segundo o Observatório Sírio de Direitos Humanos, entre os mortos há um menor de idade e uma mulher. A organização não descartou que o número de vítimas aumente porque há vários feridos em estado grave.

A ONG explicou que as aeronaves passaram três vezes por Duma, principal base da facção islamita Exército do Islã, uma das mais importantes que operam no território sírio.

A Defesa Civil da Síria, que desenvolve trabalhos de resgate em áreas fora do controle do governo, disse que os bombardeios deixaram seis mortos. E confirmou a presença de uma mulher e uma criança entre as vítimas.

Por outro lado, o Observatório afirmou que pelo menos dez projéteis do tipo terra-terra atingiram o distrito de Yobar, no leste de Damasco. Também houve bombardeios contra a região que une esse bairro com a cidade de Ain Tarma, em Ghouta Oriental, onde não houve vítimas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos