Trump transmite suas condolências a Macri por argentinos mortos em atentado

Buenos Aires, 1 nov (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, falou na quarta-feira com o presidente argentino, Mauricio Macri, transmitiu suas condolências pelos cinco mortos argentinos no atentado terrorista do dia anterior, em Nova York, de acordo com informações das autoridades do país sul-americano.

Na conversa, Macri que estava em sua residência em Olivos, no norte de Buenos Aires, recebeu o apoio e solidariedade de Trump.

O presidente argentino falou ao seu colega americano da "sua convicção" para trabalhar "fortemente em todo mundo para terminar com o flagelo do fundamentalismo terrorista", de acordo com um texto divulgado pelo governo argentino.

O atentado aconteceu no sudoeste da ilha de Manhattan, quando um cidadão uzbeque identificado como Sayfullo Saipov, de 29 anos, jogou seu veículo contra várias pessoas que estavam no local, matando oito delas.

Cinco dos falecidos eram amigos de Rosario que comemoravam o 30º aniversário de suas formaturas na universidade.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos