Exército de Israel oferece ajuda a povoado sírio próximo às Colinas de Golã

Jerusalém, 3 nov (EFE).- O Exército de Israel ofereceu ajuda ao povoado de Hader, na província de Quneitra, no sul da Síria e próxima às Colinas de Golã ocupadas por Israel desde 1967, onde nesta sexta-feira um atentado deixou nove mortos e provocou a mobilização da comunidade local.

"O Exército está preparado e pronto para ajudar os residentes e evitar o dano ou a ocupação do povo de Hader, devido ao seu compromisso com a população drusa", escreveu na rede social Facebook o porta-voz militar Ronen Manelis.

O combate nessa região se intensificou nas últimas horas, afirmou o militar, que fez estas afirmações após uma reunião de avaliação da situação entre o chefe do estado-maior, Gadi Eizenkot; o responsável da unidade de inteligência militar, Yoel Strik, e o comandante da divisão das Colinas de Golã, Yaniv Asor.

No mínimo nove pessoas morreram e 23 ficaram feridas nesta sexta-feira em Hader devido a um atentado suicida perpetrado com um carro-bomba pela Frente al Nusra, antigo nome do ex-braço sírio da Al Qaeda, segundo a agência de notícias oficiais síria, "Sana".

Após o ataque foram iniciadas manifestações de dezenas de drusos que vivem na parte das Colinas de Golã ocupada por Israel e que tentaram atravessar ao território controlado pela Síria, rompendo a cerca divisória entre acusações a Israel de supostamente ter facilitado a ação.

Manelis desmentiu "a participação e assistência de Israel aos elementos da jihad global na luta das Colinas de Golã" e garantiu que essas denúncias "são infundadas".

A polícia israelense anunciou que mobilizou várias patrulhas nas estradas da região, que se encontra em alerta depois que um civil israelense ficou levemente ferido por supostos tiros procedentes do conflito próximo, indicou o Exército.

Israel e Síria estão tecnicamente em guerra, embora a região das Colinas de Golã tenham se mantido em relativa calma, apesar do impacto ocasional de projéteis, a maioria de balas perdidas, desde que começou o conflito sírio em março de 2011.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos