Petição popular para chicotear criminosos chega ao governo de Taiwan

Taipé, 3 nov (EFE). - Uma proposta popular feita em Taiwan para punir com chicotadas motoristas bêbados, autores de crimes sexuais e abusadores de crianças superou o apoio de 5 mil pessoas nesta sexta-feira - apenas sete dias depois de ser lançada - e agora o governo será obrigado a dar uma resposta.

O texto, apresentado através do site do Conselho de Desenvolvimento Nacional de Taiwan, explica que esse tipo de castigo acrescentaria uma nova linha de dissuasão para possíveis infratores e faria com que os possíveis envolvidos pensem duas vezes antes de cometer um crime. O pedido é de que seja punido com uma chicotada quem cometer uma infração pela segunda vez, duas caso seja a terceira vez e três chibatadas quando o crime tiver sido cometido quatro vezes.

Os apelos online são parte da democracia direta de Taiwan, e o governo é obrigado a responder, dentro de dois meses, quando ultrapassa a adesão de 5 mil pessoas. Recentemente, uma proposta para castigar para quem hasteasse a bandeira chinesa em lugares públicos recebeu grande apoio da população e está em processo de estudo. A China é considerada um inimigo que quer anexar a ilha EFE

flp/cdr

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos