Japão se prepara para receber Trump com fortes medidas de segurança

Antonio Hermosín

Tóquio, 4 nov (EFE).- O Japão se prepara, entre medidas excepcionais de segurança, para receber no domingo o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, na primeira parada de uma viagem asiática centrada no problema norte-coreano e no comércio.

Durante esta viagem de trabalho, a primeira ao arquipélago desde que assumiu a presidência em janeiro, Trump manterá vários encontros com o primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, bem como com os imperadores e com familiares de pessoas sequestradas pelo regime norte-coreano.

Tóquio acredita que esta "histórica visita" - a mais longa de um presidente dos EUA à região - sirva para consolidar "a química" que ambos líderes exibiram em anteriores encontros e para "aprofundar as relações de confiança", disse um alto funcionário do Ministério de Relações Exteriores em um encontro com jornalistas.

Para ilustrar a fluidez das relações, a mesma fonte sublinhou que Trump e Abe mantiveram 16 conversas telefônicas desde que o magnata chegou ao poder, além de três encontros bilaterais.

O principal tema da agenda será "reafirmar o compromisso comum para aumentar a pressão sobre a Coreia do Norte", com o objetivo de que o regime que de Kim Jong-un deixe seus programas nucleares e de mísseis balísticos que são vistos como uma ameaça crescente por Washington e Tóquio, apontou o funcionário nipónico.

Ambos líderes também tratarão de reforçar a cooperação "em assuntos regionais mais amplos", em relação com as próximas reuniões do Foro de Cooperação Econômica de Ásia-Pacífico (APEC) no Vietnã e da cúpula da Associação de Nações do Sudeste Asiático (Asean) na Filipinas.

No lado comercial, os líderes seguirão com o diálogo bilateral iniciado após a retirada dos EUA do Acordo Transpacífico de Cooperação Econômica (TPP) promovida pela Administração Trump, ainda que as fontes nipônicas não esperam que o tema seja tratado em profundidade.

O Japão reforçou seu segurança com o desdobramento de 21 mil policiais em Tóquio e em seus arredores, o que supõe a maior mobilização de soldados para uma visita de alto nível em duas décadas, segundo anunciou a Agência Nacional de Polícia.

Além disso, desde hoje foram aplicadas restrições de tráfego na capital, além do fechamento de estações de trens e de metrô, e foram instaladas barricadas em torno de algumas das áreas que serão visitadas por Trump como o Palácio de Akasaka, para prevenir possíveis atentados terroristas.

Após sua chegada a bordo do Air Force One, prevista para domingo na base aérea americana de Yokota, ao oeste de Tóquio, Trump iniciará sua agenda oficial com um discurso perante as tropas.

Depois se dirigirá a um exclusivo clube de golfe em Saitama (norte de Tóquio) para almoçar com Abe antes de praticar dito esporte junto ao líder nipônico e o golfista do mesmo país Hideki Matsuyama, atual número quatro no ranking mundial.

Ambos líderes têm previsto jantar no domingo em um prestigiado restaurante em Tóquio, onde serão acompanhados por suas respectivas esposas, Akie Abe e Melania Trump.

Na segunda-feira, Trump e a primeira-dama assistirão a uma cerimônia de boas-vindas e se reunirão com os imperadores nipônicos, Akihito e Michiko, e depois o presidente americano participará de um almoço de trabalho e terá uma reunião com Abe.

Após a reunião e antes de atender a imprensa, Trump se reunirá com familiares das dezenas de cidadãos nipônicos sequestrados pelo regime norte-coreano nas décadas de 1970 e 1980, casos que na maioria seguem sem resolução e que constituem uma das principais prioridades políticas do Governo de Abe.

Na noite de segunda-feira, Abe organizará um banquete no Palácio de Akasaka, um ato que fechará agenda oficial de Trump antes viajar na terça-feira a Seul para seguir com a sua excursão asiática.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos