Ducado de Lancaster diz que investimentos de Elizabeth II são legítimos

Londres, 5 nov (EFE).- Um porta-voz do ducado de Lancaster, patrimônio privado da rainha do Reino Unido, Elizabeth II, disse neste domingo à emissora "BBC" que todos os investimentos da monarca são "auditados e legítimos", após uma investigação internacional ter revelado que ela investiu em empresas em paraísos fiscais.

"Operamos uma série de investimentos e parte delas é com recursos no exterior. Todos os nossos investimentos são auditados e legítimos", declarou o porta-voz.

"A rainha paga impostos de forma voluntária sobre as receitas que recebe do ducado", completou o porta-voz sobre a entidade, que administra terras, propriedades, investimentos e empresas para a monarca britânica.

O diretor financeiro do ducado de Lancaster, Chris Adock, disse também à "BBC" que a estratégia de investimento se baseia em conselhos e recomendações de assessores.

"O ducado só investiu em fundos de capital privado de alta consideração, seguindo a recomendação de nossos assessores", disse Adock.

A rainha Elizabeth está entre as 127 personalidades citadas por terem envolvimento com paraísos fiscais em uma investigação internacional batizada como Paradise Papers, divulgada simultaneamente por vários veículos da imprensa mundial, entre eles o jornal britânico "The Guardian" e a "BBC".

A investigação, coordenada pelo Consórcio Internacional de Jornalismo de Investigação (ICIJ), revelou que o ducado de Lancaster investiu US$ 7,5 milhões na Dover Street VI Cayman Fund LP em 2005.

O ducado recebeu em 2008 cerca de US$ 360 mil desse investimento na empresa, radicada nas Ilhas Cayman. Os recursos foram parar em uma empresa de desenvolvimento de tecnologia para impressões digitais para telefones celulares, em companhias farmacêuticas e de tecnologia de ponta, de acordo com o ICIJ.

Segundo a "BBC", o ducado de Lancaster também investiu entre 2004 e 2010 cerca de 5 milhões de libras no Jubilee Absolute Return Fund Ltd, de Bermuda, outro território britânico considerado como um paraíso fiscal.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos