Puigdemont e ex-conselheiros se entregam à Polícia belga

Bruxelas, 5 nov (EFE).- A Promotoria de Bruxelas confirmou neste domingo, em entrevista coletiva, que o ex-presidente da Catalunha Carles Puigdemont e quatro ex-conselheiros se entregaram à polícia na capital belga.

Puigdemont e quatro ex-conselheiros rejeitaram a euro-ordem e comparecerão hoje perante o juiz de instrução, que terá 24 horas para tomar uma decisão, segundo informou o porta-voz da Promotoria de Bruxelas e magistrado, Guilles de Dejemeppe.

Todos eles se apresentaram perante a Polícia Federal de Bruxelas às 9h17 local (6h17, em Brasília) de hoje, e o juiz terá que tomar uma decisão desse mesmo horário de amanhã.

Agora, os cinco estão na sede da Promotoria de Bruxelas e o juiz de instrução pode rejeitar a euro-ordem, libertá-los sob certas condições ou impor uma prisão preventiva.

Caso o juiz de instrução considere que não deve libertá-los, serão conduzidos à prisão.

A Promotoria estava em contato com os advogados, aos quais convidou seus clientes a se entregarem em uma delegacia de Bruxelas. Eles "respeitaram" o convite, afirmou Dejemeppe.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos