Sicília realiza eleições regionais, que serão o último teste antes das gerais

Roma, 5 nov (EFE).- A Sicília realiza neste domingo eleições para escolher o presidente da região, uma reunião à qual estão chamados a votar cerca de 4,6 milhões de sicilianos e que pode servir aos partidos políticos como teste perante as eleições gerais de 2018.

Os colégios eleitorais abriram às 8h local (5h, em Brasília) e fecharão às 22h local (20h, em Brasília)

Às eleições regionais se apresentam cinco candidatos, mas as pesquisas preveem que uma disputa acirrada entre o candidato apoiado pela coalizão de direitas Forza Itália, Liga Norte e Fratelli d'Italia, Nello Musumeci, e o candidato do Movimento Cinco Estrelas, Giancarlo Cancelleri.

Cada um obteriam mais de 30% dos votos: a última pesquisa eleitoral realizada por "Demos & Pi" para o jornal italiano "La Repubblica" revelou recentemente que Musumeci ganharia as eleições com 35,5% dos votos e seria seguido de perto por Cancelleri (M5S), com o 33,2%.

Em terceiro lugar, e muito longe deles, ficaria o candidato do governamental Partido Democrata (PD) de Matteo Renzi, Fabrizio Micari, que teria cerca de 15,7% dos votos.

Segundo esta pesquisa, a centro-esquerda e a esquerda, que estão divididas, obteriam juntas menos de 30% dos votos.

Nas eleições também serão escolhidos os membros da Assembleia Regional siciliana, que neste ano passarão a ser 70, ao invés dos 90 deputados que há atualmente.

A legislatura na Itália acaba em fevereiro de 2018 e após a recente aprovação da lei eleitoral, que permite pleitos gerais no país e favorece as coalizões, os partidos começam a pensar em quais combinações protagonizar.

A Sicília pode servir de teste.

Para as eleições desta região se uniram em coalizão os partidos de direitas, o conservador Forza Itália, de Silvio Berlusconi, a xenófoba Liga Norte e o ultraconservador Fratelli d'Italia; enquanto o candidato do Movimento Cinco Estrelas se apresenta apenas com os apoios desta formação.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos