Alemanha registra 211 ataques contra centros de refugiados em 9 meses

Berlim, 6 nov (EFE).- A polícia da Alemanha registrou entre janeiro e setembro deste ano um total de 211 ataques contra centros de refugiados, quase um por dia, embora o número represente uma clara queda em relação aos dois anos anteriores.

Segundo estatísticas do Escritório Federal de Investigação Criminal (BKA) divulgadas nesta segunda-feira pelo jornal "Neue Osnabrücker Zeitung", a maior parte destes ataques teve uma motivação política e um contexto ultradireitista.

Nos nove primeiros meses do ano ocorreram mais ataques contra albergues de acolhida que no conjunto de 2014, um ano antes da explosão da crise dos refugiados, quando se contabilizaram 199.

No entanto, o número indica que no conjunto de 2017 se consolidará a tendência de baixa que se iniciou no ano passado após o máximo histórico de ataques que aconteceu em 2015, ano no qual chegaram à Alemanha cerca de 900.000 peticionários de asilo.

A BKA registou em 2015 um total de 1.031 delitos contra centros de refugiados, entre os quais se incluem ataques incendiários e assaltos, e cerca de mil em 2016.

Em comparação, entre janeiro e setembro do ano passado aconteceram 866 ataques contra este tipo de instalação.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos