Ataques atribuídos ao Boko Haram deixam 6 mortos nos Camarões

Yaoundé, 6 nov (EFE).- Pelo menos seis pessoas morreram em ataques atribuídos ao grupo terrorista Boko Haram no norte de Camarões durante este domingo, informaram nesta segunda-feira meios de comunicação locais.

Os incidentes aconteceram na cidade de Mora, onde integrantes da organização jihadista supostamente procedentes da Nigéria realizaram primeiro um ataque com três vítimas mortais e, horas depois, outra incursão que ocasionou outros três mortos.

Perante a multiplicação dos atentados, as forças de segurança também tentam aumentar sua resposta.

Na sexta-feira passada, em outro incidente, morreram dois terroristas de Boko Haram após a intervenção das Forças Multinacionais Mistas (FMM), criadas pelos países da região para lutar contra o terrorismo.

Este grupo está formado por 8.700 integrantes procedentes do Chade, Níger, Nigéria, Camarões e Benin.

Boko Haram, que significa "a educação não islâmica é pecado" em línguas locais, luta para impor um Estado islâmico na região da Nigéria, onde a maior parte da população é muçulmana, e transformar a área do lago Chade em seu novo bastião.

Desde sua aparição há oito anos na Nigéria, de onde lançam ataques aos países fronteiriços, o grupo jihadista matou pelo menos 20.000 pessoas.

Em Camarões, as baixas chegam a 2.000 pessoas, enquanto há mais de 150.000 deslocados internos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos