Corpos de argentinos mortos em atentado de Nova York chegam a Buenos Aires

Buenos Aires, 6 nov (EFE).- Os corpos dos cinco argentinos da cidade de Rosário mortos no atentado da última terça-feira em Nova York chegaram nesta segunda-feira Buenos Aires e já estão sendo transferidos em carros fúnebres para a sua cidade natal.

Os corpos de Ariel Erlij, Diego Mendoza, Diego Enrique Angelini, Alejandro Damián Pagnucco e Hernán Ferruchi chegaram num voo direto dos Estados Unidos que aterrissou no aeroporto de Ezeiza, na capital argentina.

Depois, os carros fúnebres partiram para Rosário, que fica 300 quilômetros ao norte de Buenos Aires, em comboio escoltado pela polícia.

Ao longo do dia, e após a chegada dos corpos, acontecerão os velórios nos quais as vítimas receberão o último adeus.

Os cinco amigos estavam em Nova York para comemorar os 30 anos de formatura no Instituto Politécnico de Rosário.

Na terça-feira, na ilha nova-iorquina de Manhattan, um imigrante uzbeque inspirado no grupo jihadista Estado Islâmico atropelou deliberadamente pedestres e ciclistas com sua caminhonete, o que deixou oito mortos, entre eles cinco os argentinos.

O presidente da Argentina, Mauricio Macri, viajou ontem à noite a Nova York para iniciar uma visita oficial a essa cidade que incluirá, além de reuniões com empresários interessados em investir em seu país, uma homenagem aos argentinos mortos no atentado.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos