Imperadores japoneses recebem Donald e Melania Trump

Tóquio, 6 nov (EFE).- Os imperadores do Japão, Akihito e Michiko, receberam nesta segunda-feira no Palácio Imperial de Tóquio o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e a primeira-dama, Melania Trump, durante o segundo dia da sua visita ao país asiático.

Akihito e Michiko aguardaram os Trump na entrada da Residência Imperial e trocaram saudações e algumas palavras com o casal, e em seguida foram juntos a uma sala das restritas instalações imperiais.

O presidente americano se mostrou particularmente sério e contido na hora de se dirigir ao imperador japonês, em contraste com a proximidade e a espontaneidade que costuma exibir nos seus encontros com outros líderes políticos.

Akihito, de 83 anos, disse estar "muito feliz" de receber o presidente e a primeira-dama, antes de se dirigir à estadia onde realizaram uma recepção de cerca de 30 minutos, durante a qual os Trump e os imperadores foram unicamente acompanhados pelos intérpretes.

O imperador, como estabelece o protocolo japonês, não realizou nenhuma reverência ao receber Trump, nem este também, ao contrário do seu predecessor, Barack Obama, que se inclinou quase 90 graus ao saudar Akihito durante uma visita em 2009, o que foi criticado em círculos conservadores de Washington.

Depois da sua visita ao Palácio Imperial, o presidente americano participou de uma cerimônia de boas-vindas no Palácio de Akasaka junto ao primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, com quem terá uma cúpula esta tarde.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos