Topo

Trump aposta em novo tratado de comércio mais justo com Japão

06/11/2017 01h08

Tóquio, 6 nov (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, que está viajando ao Japão, defendeu nesta segunda-feira negociar um novo tratado comercial com o país asiático, depois de "muitas décadas de gigantesco déficit comercial".

Durante um encontro com líderes empresariais japoneses e americanos, Trump afirmou que o comércio com o Japão não é justo nem aberto... "Não é livre nem recíproco", disse, apostando em negociar isso de novo de uma "maneira amigável".

Trump lamentou que os EUA tenham sofrido com uma situação de "gigantesco déficit comercial" de quase US$ 70 bilhões anuais na qual "o Japão ganhou durante muitas décadas".

Neste sentido, lembrou que milhões de carros japoneses são vendidos no seu país todo ano, mas que praticamente não são vendidos veículos americanos no país asiático.

Em relação com a saída dos EUA do Acordo Transpacífico de Cooperação Econômica (TPP), promovido pela Administração Trump, o presidente americano disse que será demonstrado que a decisão foi "correta".

"Teremos mais comércio do que nunca tivemos com o TPP", disse para uma plateia de altos executivos de empresas japonesas como Nissan, Honda, Mazda e Mitsubishi, e nove americanos, entre os quais encontravam-se Boeing e Morgan Stanley.

Após a reunião com os empresários, Trump e a primeira-dama assistirão a uma cerimônia de boas-vindas e se reunirão com os imperadores, Akihito e Michiko, e depois o presidente americano participará de um lanche de trabalho e terá uma reunião com o primeiro-ministro, Shinzo Abe.