Disparos de projéteis deixam pelo menos cinco mortos em Damasco

Beirute, 7 nov (EFE).- Pelo menos cinco pessoas morreram nesta terça-feira e outras 24 ficaram feridas pela queda de projéteis em Damasco e sua periferia, informou o Observatório Sírio de Direitos Humanos.

Os cinco mortos, entre os quais há dois menores e duas mulheres, morreram pelos disparos da artilharia governamental contra a cidade de Saqba, situada na região de Goutha Oriental, principal reduto opositor dos arredores de Damasco, onde também nove pessoas ficaram feridas.

Saqba está sob o domínio da facção islamita Legião da Misericórdia.

Por outro lado, outras 15 pessoas ficaram feridas pelo impacto de projéteis em distintas áreas do centro da capital, como a parte antiga, Al Salhiya, Bramaka, Ain Kirsh e Al Shagur, entre outras.

A fonte destacou que outros 15 feridos foram atingidos por um projétil enquanto estavam em um restaurante em Bramaka e há informações preliminares que falam de dois mortos por este ataque.

As autoridades sírias costumam acusar "grupos terroristas" do disparo de projéteis contra o centro de Damasco desde Goutha Oriental.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos