Ex-primeiro-ministro libanês visita príncipe herdeiro de Abu Dhabi

Cairo, 7 nov (EFE).- O ex-primeiro-ministro do Líbano Saad Hariri, que renunciou à presidência do governo no sábado passado enquanto estava na Arábia Saudita, visitou o príncipe herdeiro de Abu Dhabi, Mohammed bin Zayed al Nahyan, nesta terça-feira de acordo com fontes oficiais.

O príncipe mostrou a Hariri o apoio dos Emirados Árabes Unidos ao Líbano "quanto aos desafios e intervenções regionais enfrentados", em alusão ao apoio do Irã ao grupo xiita libanês Hezbollah, segundo a agência de notícias "Wam". Hariri, por sua vez, agradeceu o "interesse permanente em ajudar o Líbano e por garantir a sua segurança e estabilidade".

No discurso de renúncia, Hariri criticou a "tutela" que, segundo ele, o Irã exerce na política libanesa por meio de Hezbollah. O ex-primeiro-ministro chegou hoje à capital dos Emirados Árabes, vindo da Arábia Saudita, onde anunciou a saída do cargo de forma inesperada.

Alguns dirigentes políticos libaneses debatem o suposto papel saudita na renúncia de Hariri. O pedido ainda não foi aceito pelo presidente do Líbano, Michel Aoun, que disse estar esperando o retorno de Hariri ao país antes de tomar uma decisão.

Hoje, Aoun intensificou os contatos políticos e telefonou para o presidente do Irã, Hassan Rouhani.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos