Emboscada na Nigéria mata pelo menos 11 pessoas

Abuja, 8 nov (EFE).- Pelo menos 11 pessoas morreram em uma emboscada perto da cidade de Rim, situada no estado de Meseta, no centro da Nigéria, informou nesta quarta-feira a polícia.

As vítimas retornavam à cidade desde o mercado de Jos, capital de Meseta, quando os agressores começaram a disparar indiscriminadamente contra eles, ferindo várias pessoas, indicou à Agência Efe o porta-voz da Polícia, Terno Matthias.

As forças de segurança, que não conseguiram deter os responsáveis, abriram uma investigação para identificá-los e capturá-los, que segundo os testemunhas vestiam uniformes militares.

Nos últimos tempos ocorreram vários ataques nesta zona e as autoridades suspeitam dos chamados pastores Fulani.

Os Fulani, a maioria muçulmanos, mantêm disputas pela terra com os pastores locais, que na região de Meseta são cristãos.

Este estado e outros como Nasarawa, Benue e Tarava, que sofreram vários ataques deste tipo ao longo da última década, têm planos para proibir o pastoreio em campos abertso, o que provocou a reação violenta dos Fulani.

Benue já aprovou neste mês uma norma que ordena aos Fulani que estabeleçam ranchos ou que mudem para outras regiões, enquanto Tarava fará o mesmo em janeiro de 2018.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos