Familiares identificam últimas duas vítimas do massacre no Texas

Austin (EUA), 8 nov (EFE).- Familiares reconheceram nesta quarta-feira as últimas duas vítimas ainda não identificadas do massacre no Texas no domingo em uma igreja batista de Sutherland Springs, no qual morreram 26 pessoas e 20 ficaram feridas.

Keith Barden, um veterano do exército americano de 62 anos, que recentemente tinha superado um câncer, foi assassinado por Devin Kelley, de 26 anos, no templo First Baptist Church, segundo confirmou hoje seu irmão Bruce ao jornal "The Dallas Morning News".

Bruce também explicou que a mulher de Keith, Deborah, e sua neta também foram atingidas por disparos na igreja, mas sobreviveram ao ataque.

Peggy Warden, de 56 anos, morreu no templo depois de proteger seu neto de 18 anos, Zachary Poston, que sobreviveu ao tiroteio apesar de ter sofrido seis tiros, informou hoje emissora local de televisão "News 4 San Antonio".

O irmão de Peggy disse que ela "passou toda a sua vida trabalhando na igreja, servindo ao próximo".

Annabelle Pomeroy, uma adolescente de 14 anos e filha do pastor da paróquia atacada, Frank Pomeroy, foi a primeira vítima do ataque, confirmada pelo próprio pai, que no domingo viajava com a esposa no estado vizinho de Oklahoma.

A tragédia foi especialmente dura para família Holcombe, residente em Sutherland Springs, que perdeu oito de seus membros de três gerações diferentes - incluindo uma mulher grávida e três crianças -, que frequentavam a igreja aos domingos.

Tara McNulty, uma amiga próxima desta família, também foi assassinada.

Entre os fiéis mortos também estão a afilhada de 13 anos de Amanda Mosel, que neste fim de semana não pôde comparecer à missa; Lula Woicinski, avó da esposa do atirador e voluntária da igreja, e Haley Krueger, uma adolescente de 16 anos.

Dennis Johnson, de 77 anos, e sua mulher Sara, de 68, membros frequentadores da igreja, também morreram no ataque, segundo disse sua filha Kati aos veículos de imprensa.

Da família Ward morreram três integrantes - Joann, de 30 anos, e seus filhos Brooke, de cinco, e Emily, de sete.

Os casais Richard e Teresa Rodríguez, Robert e Shani Corrigan, e Robert e Karen Marshall completam a lista de vítimas do maior tiroteio da história do Texas e o quinto dos Estados Unidos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos