Juiz autoriza que "El Chapo" Guzmán seja submetido a exame psicológico

Nova York, 8 nov (EFE).- O juiz americano que cuida do caso do narcotraficante mexicano Joaquín "El Chapo" Guzmán autorizou nesta quarta-feira que o detido seja examinado psicologicamente, como tinha solicitado sua defesa.

A decisão foi adotada pelo magistrado, Brian Cogan, em uma audiência judicial para revisar o status do processo legal. "El Chapo" está acusado em Nova York de 17 crimes, entre eles narcotráfico, uso ilegal de armas e lavagem de dinheiro.

Na audiência, o advogado de "El Chapo", Eduardo Balarezo, anunciou que a avaliação psicológica poderia ser realizada na próxima semana.

A avaliação consistirá em uma visita sem contato físico entre o detido e a especialista escolhida pela defesa.

Balarezo tinha solicitado ao tribunal que esse exame fosse realizado devido à "deterioração mental" que alega que o narcotraficante mexicano sofre por conta das condições do seu encarceramento, que estão rodeadas de medidas de segurança que a defesa considera excessivas.

"El Chapo", que escapou de prisões mexicanas em duas ocasiões, foi extraditado aos Estados Unidos em 19 de janeiro deste ano, e é mantido em um centro especial de detenções de Nova York, à espera do julgamento que deve começar em abril de 2018.

Seu advogado assegura que o narcotraficante tem manifestado problemas para lembrar pessoas, lugares e fatos, se queixado de sofrer alucinações auditivas, de sentir-se perseguido, além de depressão, assim como vários problemas físicos, entre eles contínuas dores de cabeça.

Na audiência de hoje, na qual foram revisados esse e outros temas de processo legal, o juiz aceitou a avaliação, mas estabeleceu que não se faça com contato físico entre o detido e a especialista escolhida, Cynthia A. Munro.

O advogado aceitou essa condição, mas afirmou que, se depois dessa primeira avaliação, considerar que se necessita um acesso maior o solicitaria ao tribunal.

A próxima audiência para analisar o status do processo está marcada para 19 de janeiro. O começo do julgamento, por sua vez, está programado inicialmente para 16 de abril de 2018, embora a data possa sofrer modificações.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos