Secretário-geral falará no Conselho de Segurança sobre crise na Venezuela

Washington, 8 nov (EFE).- O secretário-geral da Organização dos Estados Americanos (OEA), Luis Almagro, planeja falar sobre a crise da Venezuela em uma reunião do Conselho de Segurança da ONU que deve ocorrer na próxima segunda-feira, à pedido dos Estados Unidos.

Fontes da OEA disseram à Agência Efe que Almagro foi convidado e prevê comparecer ao encontro. Falta apenas que a data seja confirmada pelo Conselho de Segurança.

Diante da notícia, a representante da Venezuela na OEA, Carmen Velásquez, questionou o Conselho Permanente do órgão se Almagro foi autorizado representar a OEA no Conselho de Segurança da ONU.

O pedido não foi atendido. O Canadá, atual presidente rotativo da OEA, disse que a solicitação deveria ser feita por outra via. Vélasquez rebateu que a delegação da Venezuela pedirá esclarecimentos por escrito, visivelmente irritada pelo fato de Almagro ir à ONU para falar sobre a crise no país.

A diplomata fez as afirmações durante um discurso muito duro contra a atuação do secretário-geral, acusando por ela mais uma vez de usar a plataforma da OEA como uma arma política para desestabilizar e derrubar o governo de Nicolás Maduro.

Caso seja confirmada, a reunião na ONU seria realizada sob o formato da chamada "Fórmula Arria", que representa um mecanismo de discussões informais entre o Conselho de Segurança, outros países e atores não estatais. O encontro é a portas fechadas e não prevê a aprovação de uma resolução específica sobre o tema em questão.

Em reunião anterior, realizada em maio, os EUA tomaram a iniciativa e denunciaram o estado de "opressão" existente na Venezuela. Além disso, os diplomatas americanos fizeram um pedido para "restaurar a democracia" no país.

Nesse encontro, no entanto, vários países indicaram que a crise da Venezuela não é um assunto que corresponda ao Conselho de Segurança, focado em problemas ligados à paz e à segurança.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos