Mesa do parlamento catalão dá valor simbólico à declaração de independência

Madri, 9 nov (EFE).- A presidente do parlamento da região da Catalunha, Carme Forcadell, e outros membros da mesa desse órgão atribuem à declaração de independência que aprovaram no último dia 27 de outubro um valor simbólico e acatam as medidas do governo central da Espanha para restabelecer a legalidade constitucional.

Forcadell e outros cinco integrantes da mesa do parlamento catalão estão prestando depoimento nesta quinta-feira no Tribunal Supremo espanhol em relação com uma denúncia da Procuradoria-Geral que lhes acusa de rebelião e insurreição, entre outros crimes.

Fontes jurídicas informaram à Agência Efe do conteúdo dos depoimentos prestados perante o juiz Pablo Llarena por Carme Forcadell, Lluis Corominas e Lluis Guinó, que aceitaram responder a todas as perguntas da procuradoria, o que representa uma mudança de estratégia de defesa com relação à que mantiveram no passado.

Após o referendo defensor da soberania de 1º de outubro, a câmara autônoma aprovou uma declaração de independência unilateral no dia 27 de cuja votação se ausentaram mais de 50 deputados da oposição, defensores da vigência da Constituição espanhola.

No próprio dia 27 e após a autorização do Senado, o Executivo de Mariano Rajoy decretou a destituição do gabinete regional catalão, a dissolução do seu parlamento e a convocação de eleições autônomas para o dia 21 de dezembro, com o objetivo de restaurar a legalidade.

O procurador-geral do Estado, José Manuel Maza, declarou nesta semana que as medidas cautelares que poderia pedir contra os investigados pelo Supremo dependeriam de seu depoimento de hoje.

Nove membros do governo catalão, que compareceram na semana passada na Audiência Nacional acusada dos mesmos crimes, foram presos e apenas um deles deixou a prisão no dia seguinte após pagar uma fiança, opção que a juíza não concedeu aos demais.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos