Nova Délhi restringirá tráfego como medida para reduzir poluição

Nova Délhi, 9 nov (EFE).- Nova Délhi voltará a limitar o tráfego com rodízio de veículos durante a próxima semana, em meio a uma emergência por poluição com níveis até seis vezes acima do que a Organização Mundial da Saúde (OMS) considera prejudicial.

"Já que os níveis de PM2,5 e PM10 ultrapassam o limite todos os dias em Délhi, o Governo decidiu implementar um rodízio de veículos entre 13 e 17 de novembro", anunciou nesta quinta-feira em entrevista coletiva o ministro de Transporte da capital, Kailash Gahlot.

O Governo da cidade, de cerca de 17 milhões de habitantes e com cerca de 9 milhões de veículos registrados, prevê aumentar a frota de ônibus públicos (500), assim como a de microônibus.

Como já ocorreu em abril e janeiro do ano passado, quando foi implementada a medida pela primeira vez, os motoristas que viajarem com crianças menores de 12 anos, os veículos de duas rodas e de emergências e os carros de vários altos cargos estarão isentos da norma.

"Peço a todos os residentes que cooperem neste momento de crise", concluiu Gahlot.

Segundo dados do Escritório Central de Controle da Poluição (CPCB), às 11h local (3h30, em Brasília), na área de Punjabi Bagh, no noroeste da cidade, a concentração de partículas PM10 (aquelas menores de 10 mícrons) foi de 1.259 por metros cúbicos e a de PM2,5 (inferiores a 2,5 mícrons) chegou a 873.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), a concentração de 200 partículas por metros cúbicos é "muito insalubre", enquanto de 300 adiante transformam o ar em "tóxico".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos