Tillerson diz que reunião entre Trump e Putin no Vietnã não está confirmada

Pequim, 9 nov (EFE).- O secretário de Estado americano, Rex Tillerson, afirmou nesta quinta-feira que ainda não está confirmado que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, se encontrará com seu homólogo russo, Vladimir Putin, na cúpula Ásia-Pacífico do Vietnã, ao contrário do que foi afirmado hoje pelo Kremlin.

"Não houve em nenhum momento um acordo para se reunir, muito menos para um encontro bilateral", destacou o chefe da diplomacia americana em entrevista coletiva em Pequim, um dia antes de a delegação americana liderada por Trump viajar para Da Nang, no Vietnã.

"Não será estranho se houver algum tipo de encontro à margem, mas a questão é saber se terá suficiente conteúdo", acrescentou Tillerson.

O secretário de Estado americano afirmou que a diplomacia de ambos países segue em contato para que, "se houver tal encontro, seja substancial", no sentido de que trate temas como a luta conjunta contra o Estado Islâmico na Síria ou a situação na Ucrânia.

O assessor de assuntos internacionais do presidente Putin, Yuri Ushakov, assegurou hoje que o chefe de Estado russo e Trump poderiam reunir-se amanhã, durante a cúpula de líderes do Fórum de Cooperação Econômica Ásia-Pacífico (APEC) na cidade vietnamita de Da Nang.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos