Coalizão bombardeia sede do ministério das Defesa iemenita em Sana

Sana, 11 nov (EFE).- Pelo menos sete pessoas ficaram feridas num bombardeio lançado ontem à noite pela coalizão árabe comandada pela Arábia Saudita contra a sede do ministério de Defesa iemenita em Sana, capital dos rebeldes houthis, e que afetou vários prédios de casas apratgamento, confirmaram hoje à Agência Efe fontes dos serviços de saúde.

Um míssil destruiu uma casa e causou grandes danos em outros edifícios situados por trás da sede do ministéio, situada no bairro de Al Saada, como pôde constatar a Efe.

Segundo vários moradores consultados pela Efe, os aviões da coalizão lançaram um primeiro míssil que caiu dentro das instalações ministeriais e um segundo que caiu fara e que deixou um grande buraco no solo.

A rua ficou cheia de terra e escombros e muitos veículos estacionados na rua resultaram também atingidos.

"Houve uma explosão enorme que fez tremer a casa como se fosse um terremoto", disse à Efe Hussein Naji, um morador da área, antes de assegurar que, depois, as pedras e os escombros da explosão começaram a cair por todas partes.

Ali Shairi, outro morador, contou que a primeira explosão foi no Ministério de Defesa e, depois, saíram com as mulheres e as crianças, fugindo.

"Quase um minuto depois, aconteceu um segundo ataque justamente aqui, mas não deixamos de correr, não se via nada, não sei como conseguimos fugir, nos caíam pedras enquanto corríamos", continuou Shairi.

O ataque contra o ministério aconteceu depois que no último dia 4 os houthis disparassem um míssil balístico contra a capital da Arábia Saudita, Riad, e que as autoridades sauditas responsabilizaram o Irã pelo ataque e ameaçaram declarar guerra.

A Arábia Saudita, à frente de uma coalizão de países árabes, combate os rebeldes houthis desde março de 2015, a favor do presidente Abdo Rabu Mansour Hadi, que vive exilado em Riad.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos