Chanceleres árabes se reunirão para abordar tensões com Irã

Cairo, 12 nov (EFE).- Os ministros das Relações Exteriores dos países árabes se reunirão no próximo domingo na sede da Liga Árabe no Cairo, a capital do Egito, para discutir as "ingerências iranianas na região", informou neste domingo uma fonte da organização pan-arabista.

A fonte, citada pela agência de notícias estatal egípcia "Mena", detalhou que a "reunião de urgência" foi convocada a pedido da Arábia Saudita, que lidera o eixo árabe-sunita oposto a Teerã.

A "Mena" não ofereceu mais detalhes sobre o encontro que, apesar de ser urgente, será realizado somente daqui uma semana na sede da Liga Árabe no Cairo.

A convocação acontece no meio de uma crise regional, suscitada pela renúncia do primeiro-ministro libanês, Saad Hariri, no fim de semana passado em Riad, a capital saudita, onde vários grupos políticos libaneses consideram que ele está sendo mantido contra sua vontade.

Essas facções também acusam a Arábia Saudita de obrigar Hariri a renunciar, para atingir de forma indireta o grupo xiita libanês Hezbollah (o seu parceiro de governo), que recebe apoio do Irã no Líbano e no conflito sírio.

Além disso, o Hezbollah assegurou que a Arábia Saudita ofereceu bilhões de dólares a Israel para que este realize uma ofensiva contra o Líbano, país com o qual não tem relações e no qual interveio no passado, a última vez em 2006, contra a organização xiita.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos