Duterte diz que ninguém quer guerra no Mar da China Meridional

Manila, 12 nov (EFE). - O presidente da Filipinas, Rodrigo Duterte, afirmou neste domingo que nenhum país pode se dar ao "luxo" de entrar em guerra por conta das disputas pela soberania do Mar da China Meridional.

"É melhor não mexer no Mar da China Meridional. Ninguém pode se permitir ir a uma guerra", disse ele na abertura da cúpula da Associação de Nações do Sudeste Asiático (Asean), que acontece em Manila até a próxima terça-feira.

As negociações entre Asean e Pequim sobre o mar, cuja soberania é deputada por China, Filipinas, Vietnã e Malásia, é um dos temas que devem ser discutidos nestes dias.

No discurso, o presidente filipino reiterou que as guerras são "inúteis", inclusive para países grandes, como Estados Unidos, China e Rússia, e acrescentou que "cooperar" é a única forma de resolver os conflitos. Além disso, ele se comprometeu a reconstruir Marawi, a cidade do sul do país que foi ocupada por jihadistas do Estado Islâmico (EI) e pelo grupo local Maute de maio a outubro.

Duterte, que entre um assunto sério e outro fez brincadeiras que provocaram risos no público, também disse que aumentará as verbas destinadas aos mais humildes e para pequenas e médias empresas no orçamento do próximo ano. Segundo ele, até 2030 os filipinos terão uma "vida confortável".

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump; o primeiro-ministro da Rússia, Dmitri Medvedev, e chefe do governo da China, Li Keqiang, estão entre os líderes confirmados para a cúpula da Asean, assim como políticos de Japão, Canadá, Austrália e de países da União Europeia.

Já estão nas Filipinas a chefe do governo de Mianmar, Aung San Suu Kyi; o presidente da Indonésia, Joko Widodo; o primeiro-ministro da Malásia, Najib Razak; o chefe do governo da Tailândia, Prayut Chan-ocha, e o primeiro-ministro Cingapura, Lee Hsien Loong, entre outros.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos