Bombardeios a mercado na Síria deixam pelo menos 16 mortos

Cairo, 13 nov (EFE).- Pelo menos 16 pessoas morreram nesta segunda-feira em três bombardeios contra um mercado da cidade de Al Atarib, no oeste da província de Aleppo (noroeste da Síria), que também deixaram grandes danos materiais, informou o Observatório Sírio de Direitos Humanos.

Segundo a ONG, não se sabe se os bombardeios foram efetuados por aviões russos ou do Exército sírio.

O Observatório advertiu que o número de vítimas pode aumentar nas próximas horas porque há dezenas de feridos, entre eles alguns em estado grave, assim como desaparecidos no local que foi alvo do ataque.

A ONG acrescentou que a aviação síria bombardeou também pontos na zona de Al Mansurah, no oeste da mesma província, o que deixou danos materiais, e atacou a aldeia de Kafrdael.

Por outro lado, o Observatório informou que ontem foi realizada uma reunião dos conselhos locais opositores com representantes do Organismo de Libertação do Levante (aliança da ex-filial da Al Qaeda), que pactuaram um acordo de cessar-fogo entre este grupo e o movimento Nur al Din al Zanki, depois de seis dias de combates entre as duas partes no oeste de Aleppo.

Nas províncias de Aleppo, Idlib e Hama, em áreas dominadas pela oposição, há zonas em poder de grupos rebeldes apoiados pela Turquia, que são chamados de "Escudos do Eufrates", e outras em mãos de facções armadas, na sua maioria islamitas e entre as quais figura o Organismo de Libertação do Levante.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos