Presidente do Líbano comemora anúncio de regresso de Hariri

Beirute, 13 nov (EFE).- O presidente do Líbano, Michel Aoun, afirmou nesta segunda-feira que está "contente" pelo anúncio do regresso a Beirute de Saad Hariri, que permanece na Arábia Saudita desde que apresentou sua renúncia de forma repentina no último dia 4.

Em mensagem no Twitter, Aoun reiterou que aguarda o regresso de Hariri para conhecer "todas as circunstâncias, questões e inquietações que devem ser abordadas" em relação à renúncia do primeiro-ministro, que ainda não foi aceita pelo chefe de Estado.

Aoun não descartou que Hariri dê marcha à ré e permaneça no cargo, segundo uma conversa que manteve hoje com políticos libaneses e com uma delegação do braço político da Irmandade Muçulmana na Jordânia, segundo informou Rádio Líbano (oficial).

Ontem à noite Hariri ofereceu uma entrevista à televisão de seu partido, "Al Mustaqbal", na qual anunciou seu regresso ao Líbano e na qual desmentiu que esteja em Riad retido contra sua vontade, como acusaram desde vários setores políticos libaneses.

O líder libanês se negou a aceitar a renúncia de Hariri até que retorne ao país e chegou a pôr em dúvida se o discurso dado para anunciar sua renúncia refletia "sua vontade".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos