UE oferece apoio ao Irã e Iraque após terremoto na zona fronteiriça

Bruxelas, 9 nov (EFE).- A alta representante da União Europeia (UE) para Assuntos Exteriores, Federica Mogherini, ofereceu nesta segunda-feira o apoio comunitário ao Irã e ao Iraque após o terremoto de 7,3 graus na escala Richter que ocorreu no domingo na fronteira entre ambos países e que deixou mais de 200 vítimas mortais.

"Sabemos muito bem que quando há um terremoto de semelhante magnitude é difícil fazer frente, portanto também (aproveito) para expressar a disposição da UE em apoiar no que for necessário", afirmou a política italiana.

Além disso, Mogherini transmitiu sua solidariedade às famílias das vítimas "tanto no Iraque como no Irã e na região", assim como às autoridades desses países.

Pelo menos 207 pessoas morreram e 1.686 ficaram feridas pelo terremoto de 7,3 graus na escala Richter que ocorreu ontem à noite a província iraniana de Kermanshah, fronteiriça com o Iraque, país onde o tremor deixou, por enquanto, 7 mortos e 201 feridos.

O número de vítimas mortais pode aumentar porque continuam os trabalhos de resgate e de retirada de escombros.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos