Tanques causam alarde no Zimbabué um dia depois de ameaça de chefe militar

Harare, 14 nov (EFE).- Vários tanques que dirigiam-se a Harare causaram alarde nesta terça-feira no Zimbabué, um dia depois que o chefe das forças de Defesa, Constantine Chiwenga, advertiu que tomaria "medidas corretivas" se continuasse o expurgo de veteranos no partido do presidente Robert Mugabe, segundo informou a imprensa local.

As especulações sobre o movimento desses tanques abrangem desde treinamentos militares ordinários como uma possível movimentação por parte de Chiwenga e seus aliados.

Chiwenga, ladeado pelos líderes do exército e da força aérea, concedeu ontem uma entrevista coletiva na qual advertiu contra o "expurgo" dos membros mais veteranos do partido governamental ZANU-PF, uma semana depois de Mugabe, de 93 anos, destituir seu vice-presidente, Emmerson Mnangagwa.

"É pertinente reiterar que as forças de Defesa do Zimbabué permanecem como o principal depositário no que diz respeito às conquistas da luta pela libertação. E, quando estas estão ameaçadas, estamos obrigados a tomar medidas corretivas", declarou.

Após ser destituído, Mnangagwa - um veterano de guerra que era apontado como sucessor do presidente - fugiu para a África do Sul depois de garantir ter recebido ameaças.

Posteriormente emitiu um comunicado no qual declarou: "Em breve controlaremos as molas do poder nos nossos belos partido e país".

Os comentários do chefe das forças armadas foram assimilados no país como um ataque direto à facção do ZANU-PF alinhada com a esposa do presidente, Grace Mugabe, que desempenhou um papel determinante na saída de Mnangagwa, após meses de ataques verbais.

Ao contrário do ex-vice-presidente, a mulher, de 52 anos, e seus aliados não serviram na guerra pela independência do país.

A esposa de Mugabe é apontada agora como substituta de Mnangagwa, com o apoio das influentes facções das juventudes do partido e das mulheres.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos