Operações resgatam 121 imigrantes e refugiados nas águas de Grécia e Turquia

Atenas, 15 nov (EFE).- A Guarda Costeira da Grécia divulgou nesta quarta-feira que realizou três operações, em que foram resgatados 121 imigrantes e refugiados, sendo que 108 estavam nas águas da ilha de Lesbos, na parte oriental do Mar Egeu.

Além disso, a guarda de fronteiras europeias, Frontex, salvou 13 pessoas nos arredores da ilha grega de Castelorizo, que fica a apenas 3 quilômetros da Turquia.

Na ilha de Lesbos, foram realizados dois resgates pela Guarda Costeira da Grécia, de um grupo de 63 pessoas e outro de 45, ambos localizados nas águas marítimas da ilha de Lesbos.

Desde agosto, a chegada de refugiados nas costas gregas aumentou em cerca de 200%, com relação ao mesmo período do ano passado. Apesar disso, os números seguem bem abaixo do desembarque em massa registrado em 2016.

O governo da Grécia aponta o número como preocupante, devido a situação de precariedade nos campos destinados a imigrantes, nas ilhas localizadas no Mar Egeu.

Segundo dados oficiais do Ministério de Imigração do país, mais de 15 mil pessoas estão nos acampamentos para refugiados, sendo que mais de 8 mil apenas na ilha de Lesbos, que tem capacidade para 2.500 pessoas.

Uma das causas para a superpopulação é a lentidão no processo de realocação de refugiados da Grécia para outros países europeus, inclusive, em casos de reagrupamento familiar, algo que provoca muitos protestos dos imigrantes.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos