Arábia Saudita diz que Hariri é livre para ir embora quando quiser

Riad, 16 nov (EFE).- O ministro de Assuntos Exteriores da Arábia Saudita, Adel al Yubeir, garantiu nesta quinta-feira que o ex-primeiro-ministro do Líbano Saad Hariri "pode ir embora quando quiser" do país.

"O ex-primeiro-ministro Hariri é cidadão saudita e libanês e vive aqui por vontade própria e pode ir embora quando quiser", disse Yubeir em entrevista coletiva conjunta com seu colega da França, Jean-Yves Le Drian, que afirmou que Hariri aceitou o convite do Governo francês de viajar para Paris.

Hariri, que nasceu em Riad, está na capital saudita desde o dia 4 de novembro, e anunciou sua renúncia nesta cidade, uma situação que levou o presidente libanês, Michel Aoun, a denunciar que as autoridades sauditas o tinham "detido".

Yubeir rejeitou estas acusações e disse que elas não tem "fundamento" e "não é real" que Hariri esteja retido no país.

Le Drian explicou que hoje, mais tarde, vai se reunir com Hariri, embora o libanês já tenha aceitado o convite que lhe foi feito ontem pelo presidente francês, Emmanuel Macron.

O ministro francês afirmou que Hariri e sua família vão visitar a França "quando lhe for conveniente" e as autoridades francesas vão recebê-lo "como um amigo".

Na entrevista coletiva, o chefe da diplomacia saudita acusou o grupo xiita Hezbollah de ser "a principal razão da crise no Líbano", por estar "colocando obstáculos ao processo político" no país e por servir para que o Irã imponha "seu domínio" no Líbano.

Sobre um possível regresso de Hariri ao Líbano, Yubeir destacou que é decisão sua, embora tenha dito que dependerá da sua avaliação da situação de segurança no seu país.

Ao anunciar sua renúncia, Hariri denunciou que existem planos de cometer um atentado contra ele, acusando o Irã de ingerências na política libanesa, através do Hezbollah.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos