Ataque suicida em Kabul deixa pelo menos 15 mortos e 18 feridos

(Atualiza número de vítimas).

Kabul, 16 nov (EFE).- Pelo menos 15 pessoas, entre elas oito policiais e o próprio agressor, morreram nesta quinta-feira, e 18 ficaram feridas num ataque suicida à entrada de um hotel no noroeste de Kabul, informaram à Agencia Efe fontes da Polícia local.

"O agressor queria entrar, mas, após ser identificado pela Polícia que fazia vigilância no local, detonou os explosivos na rua principal em frente ao hotel", afirmou o porta-voz da Polícia de Kabul Basir Mujahid.

Pelo menos 15 pessoas morreram, entre elas oito policiais que faziam a segurança do hotel, seis civis e o agressor. Além disso, outros 11 civis e sete agentes ficaram feridos por conta da explosão, afirmou o porta-voz.

Segundo Mujahid, o ataque aconteceu em frente ao hotel Qasr-e-Naween pouco depois das 13h (horário local, 6h30 em Brasília).

O chefe do governo afegão, Abdullah Abdullah, condenou em comunicado o "covarde atentado terrorista" e destacou que "os inimigos do Afeganistão não podem, com este tipo de ato terrorista, evitar que o povo tenha liberdade social e outros valores democráticos".

O grupo jihadista Estado Islâmico (EI) reivindicou a autoria do ataque através de um comunicado divulgado pela agência "Amaq".

A capital afegã tem sido alvo de constantes ataques insurgentes este ano.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos