Ex-premier do Líbano aceita oferta de Emmanuel Macron de viajar para França

Riad, 16 nov (EFE).- O ex-primeiro-ministro do Líbano, Saad Hariri, que anunciou sua renúncia no último dia 4, aceitou a oferta do presidente da França, Emmanuel Macron, de deixar a Arábia Saudita e viajar para Paris, segundo anúncio feito nesta quinta-feira pelo ministro das Relações Exteriores francês, Jean-Yves Le Drian.

Le Drian chegou ontem à noite a Riad para conversar com Hariri e com as autoridades do reino saudita sobre a situação do ex-premier, depois que o presidente do Líbano, Michel Aoun, acusou Riad de mantê-lo "detido".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos