Partido de Ledezma diz que fuga do opositor venezuelano foi "surpreendente"

Caracas, 18 nov (EFE).- O deputado venezuelano Richard Blanco disse neste sábado à Agência Efe que para o partido Aliança Bravo Povo (ABP), fundado pelo prefeito de Caracas, Antonio Ledezma, foi "surpreendente" a decisão do líder opositor de escapar da prisão domiciliar e deixar a Venezuela.

"Para nós foi surpreendente, não tínhamos conhecimento de que isso iria acontecer. No entanto, nos sentimos muito contentes porque ele já tinha cumprido 1.004 dias de detenção ilegal", disse o legislador, presidente da Comissão de Cultos e Regime Penitenciário do Parlamento venezuelano.

Blanco afirmou que a presença de Ledezma na Espanha e em diferentes partes do mundo "faz parte da estrutura que precisamos formar para o resgate da democracia na Venezuela".

"A primeira coisa que me disse foi que a luta continua, que o comando nunca morre, e que por tal motivo envia uma mensagem de agradecimento a todo o povo da Venezuela", contou o deputado sobre o primeiro contato que teve com o líder do ABP neste sábado.

Ledezma desembarcou hoje em Madri, procedente da Colômbia, após fugir na sexta-feira da Venezuela, onde cumpria prisão domiciliar desde 2015 pelos crimes de conspiração e formação de quadrilha, sem nunca ter sido julgado.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos