Porta-voz do governo francês é eleito chefe do partido de Macron

Paris, 18 nov (EFE).- O porta-voz do Governo francês e secretário de Estado de Relações com o Parlamento, Christophe Castaner, foi eleito neste sábado chefe do República em Marcha (LREM), partido fundado pelo presidente francês, Emmanuel Macron.

Castaner, indicado para o cargo pelo próprio Macron, era candidato único, por isso sua indicação no conselho do partido em Lyon era dada como certa.

O novo líder de LREM, um dos rostos mais populares do atual governo, foi escolhido por unanimidade, salvo duas abstenções, e estará à frente do partido durante os próximos três anos.

Castaner, de 51 anos, tem entre os seus principais desafios dar um novo impulso à legenda, criticada dentro e fora de suas alas por sua ausência do panorama político e por sua falta de democracia interna, que na última terça-feira fez com que cem de seus integrantes anunciassem de forma anônima a sua intenção de deixar o partido.

A nova função faz com que Castaner tenha que renunciar ao cargo de porta-voz do governo, mas sua intenção inicial de continuar como secretário de Estado levantou várias críticas contra ele.

"Esta nomeação não me outorga nenhum direito nem nenhum privilégio, somente deveres. E serei digno deles", disse Castaner em seu discurso de posse, onde ressaltou que o partido "estará sempre a serviço de seus militantes" - aproximadamente 380 mil.

O LREM, anteriormente denominado Em Marcha!, foi lançado por Macron em abril de 2016 para se candidatar à presidência. Após a vitória nas eleições, o partido foi liderado primeiro por Catherine Barbaroux de forma interina e, desde em agosto deste ano, uma direção colegiada.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos