Sobe para 20 o número de mortos em inundações na Grécia

Atenas, 19 nov (EFE).- O número de mortes causadas pelas inundações de quarta-feira em três municípios na região de Ática, que engloba a capital Atenas, aumentou para 20, enquanto as equipes de resgate seguem com as buscas de duas pessoas desaparecidas.

Os bombeiros confirmaram que encontraram o corpo de uma das três pessoas que estavam buscando ontem e que este foi achado na cidade de Mandra, onde se registrou o maior número de vítimas mortais.

As chuvas de quarta-feira nesta região transformaram ruas e estradas em potentes correntes, chocaram carros contra casas e alagaram vários edifícios nos municípios afetados, alguns dos quais seguem ainda inacessíveis.

Várias vítimas foram achadas em suas casas, onde a água chegou a alcançar dois metros de altura.

Por enquanto é impossível avaliar os danos materiais, mas as imagens mostradas pelas televisões revelam um panorama de devastação.

As precipitações causaram deslizamentos nas montanhas próximas, onde recentes incêndios tinham arrasado grandes superfícies de floresta, deixando assim o monte sem proteção contra intempéries.

Trata-se da maior catástrofe deste tipo desde novembro de 1977, quando 37 pessoas morreram em Atenas por causa de uma tempestade que inundou boa parte da capital.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos