Israel deportará filha de sobrevivente do Holocausto que se tornou cristão

Jerusalém, 20 nov (EFE).- Israel deportará a filha de um sobrevivente do Holocausto que tinha pedido a nacionalidade israelense porque seu pai se converteu ao cristianismo, informou nesta segunda-feira o jornal israelense "Haaretz" e confirmaram à Agência Efe fontes oficiais.

A Autoridade de População e Imigração israelense rejeitou o pedido de nacionalidade de Rebeca Floer, uma mulher sueca de 64 anos, alegando que sua solicitação não se encaixa com o estabelecido na Lei do Retorno que permite a qualquer pessoa que tenha um progenitor ou um avô judeu obter a cidadania israelense.

"O avô desta mulher foi um judeu, mas seu pai se tornou ou viveu como um cristão. Segundo a Lei do Retorno, se você muda sua religião, não pode obter a cidadania. E isto afeta todas as gerações posteriores", explicou à Efe Sabin Hadad, porta-voz do organismo de Imigração.

Floer nega que seu pai tenha se convertido à outra religião e assegura que nunca abandonou ou negou o judaísmo e que ela, filha de mãe cristã e que foi batizada quando criança, abandonou o cristianismo e se considera judia.

Além disso, desmentiu que pertence a uma organização missionária evangélica, como alegam as autoridades israelenses, segundo o "Haaretz".

Há dois anos esta psicóloga sueca começou os trâmites para viver em Israel, que visitou pela primeira vez há dez, e apresentou papéis que comprovavam suas raízes judaicas e a morte de familiares no Holocausto.

A psicóloga argumenta que sofreu antissemitismo na Suécia quando era criança e que chegaram a desenhar uma suástica na porta da sua casa, e apela para o que considera um crescente antissemitismo na Europa para que lhe abram as portas de Israel.

No entanto, as autoridades migratórias consideram provado que seu pai se converteu ao cristianismo, rejeitaram sua apelação e determinaram que Floer deve deixar o país até o próximo domingo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos