Mais uma mulher acusa senador democrata dos EUA de assédio sexual

Washington, 20 nov (EFE).- Depois que na semana passada uma mulher denunciou à imprensa que o senador americano Al Franken tinha lhe assediado sexualmente quando este ainda era humorista, nesta segunda-feira uma segunda suposta vítima acusou o democrata de ter lhe tocado de forma inadequada, nesta ocasião quando já era membro do Congresso.

De acordo com o relato narrado à emissora "CNN" pela suposta vítima, Lindsay Menz, os fatos aconteceram em uma feira estadual realizada em Minesota em 2010, dois anos depois de Franken ter sido eleito para representar este estado no Senado.

A mulher de 33 anos, que atualmente vive na cidade de Frisco (Texas), contou que o senador a tocou repetidamente quando posavam para uma foto que tinha pedido que seu marido tirasse junto com o popular político.

"Ele me puxou até me ter realmente perto, como incomodamente perto e, enquanto meu marido fazia a fotografia, colocou sua mão aberta no meu traseiro", declarou Menz em entrevista.

Em comunicado enviado à emissora americana, Franken disse não lembrar do caso, já que "fez milhares de fotos com centenas de pessoas durante a feira", mas que de qualquer forma sentia-se "mal" pelo fato de Menz ter se sentido desrespeitada.

A acusação é revelada depois que na quinta-feira passada a apresentadora de rádio e modelo Leeann Tweeden afirmou que em 2006, quando ambos participavam de uma excursão para entreter as tropas americanas no Oriente Médio, Franken se comportou de maneira inadequada com ela.

"Me beijou à força sem meu consentimento, agarrou meus peitos enquanto dormia e fez com que alguém tirasse uma foto, sabendo que eu a veria", relatou Tweeden em artigo publicado no blog da rádio para a qual trabalha em Los Angeles, a "KABC".

Franken, que chegou ao Senado em 2009 e foi reeleito em 2014 para um segundo mandato de seis anos, se desculpou então através de um comunicado em que disse não lembrar "da mesma forma" que Tweeden do ensaio do espetáculo e declarou que fez a foto com a intenção que fosse "algo engraçado".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos