Desabamento de fábrica na Índia deixa pelo menos 12 mortos

(Corrige título)

Nova Délhi, 21 nov (EFE).- Pelo menos 12 pessoas morreram e outras cinco permanecem presas entre os escombros de uma fábrica de plásticos que desabou no estado do Punjab, no noroeste da Índia, informou nesta terça-feira à Agência Efe uma fonte oficial.

A fábrica, situada na cidade de Ludhiana, pegou fogo na primeira hora de ontem e posteriormente desabou, causando a morte de 12 homens, entre eles cinco bombeiros, disse o chefe da delegacia responsável pela zona, Gurvinder Singh.

Os bombeiros tinham controlado o fogo, "mas quando estavam examinando o local, alguns químicos pegaram fogo de novo e houve uma explosão que provocou o desabamento do edifício de cinco andares", detalhou.

Os trabalhos de resgate continuam no local do fato, onde acredita-se que entre 5 e 7 pessoas permanecem ainda presas sob os escombros.

O chefe de Governo do Punjab, Amarinder Singh, que hoje visitou as famílias das vítimas, ordenou uma investigação sobre os fatos e prometeu medidas contra qualquer pessoa considerada culpada, indicou ele mesmo em sua conta do Twitter.

Os desabamentos, incêndios e outros acidentes industriais são frequentes na Índia devido ao precário estado das infraestruturas e à falta de manutenção, fatores alimentados pela corrupção e práticas ilegais no setor da construção.

No começo do mês, uma explosão em uma central térmica no estado de Uttar Pradesh, no norte do país, deixou mais de 30 mortos e cerca de cem feridos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos