EUA enviam 4 batiscafos para procurar submarino argentino

Washington, 21 nov (EFE).- O Departamento de Defesa dos Estados Unidos informou nesta terça-feira que destinou quatro batiscafos dirigidos por controle remoto da Marinha Americana para buscar o submarino argentino ARA San Juan, que desapareceu na quarta-feira passada no Oceano Atlântico, com 44 membros tripulantes a bordo.

Os quatro aparelhos que participam dos trabalhos de rastreamento, um Bluefin-12D e três Iver 580, são controlados pelo Esquadrão de Veículos Submarinos Não tripulados, que tem base naval em Pearl Harbor, no Havaí. De acordo com o Departamento de Defesa, também foram colocados à disposição das autoridades argentinas funcionários da Marinha dos Estados Unidos, um avião e submarinos específicos para busca e resgate.

O ARA San Juan tinha partido no último dia 13 de Ushuaia, onde participou de manobras de treinamento, e estava voltando à sua base, na cidade de Mar del Plata, na província de Buenos Aires, quando perdeu toda a comunicação. O Ministério da Defesa da Argentina disse no sábado que a última posição conhecida do submarino foi na área de operações do Golfo San Jorge, a 432 quilômetros do litoral.

A preocupação aumentou nos últimos dias, já que, depois de quase uma semana sem notícias do paradeiro do aparelho, os parentes da tripulação temem que o submarino esteja submergido e a reserva de oxigênio possa acabar. As autoridades disseram que estão usando a melhor e mais moderna tecnologia no resgate vinda de países como Brasil, Reino Unido e Chile, além de entidades como a NASA.

Ao todo, 13 navios e dez aviões são usados para rastrear a área, apesar da dificuldade imposta por conta do mau tempo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos