UE defende atividades nucleares do Irã e rejeita renegociação de acordo

Teerã, 21 nov (EFE).- A União Europeia (UE) defendeu nesta terça-feira as atividades nucleares pacíficas do Irã e se mostrou contrária à renegociação do acordo nuclear, assinado em julho de 2015 entre Teerã e o G5+1 (EUA, Reino Unido, China, França e Rússia, mais Alemanha), como querem os Estados Unidos.

A secretária-geral do Serviço Europeu de Ação Externa (SEAE), Helga Schmid, ressaltou em um seminário na cidade de Isfahan que "uma renegociação do acordo nuclear é impossível", segundo as declarações difundidas pela agência oficial iraniana "Irna".

O acordo nuclear limita o programa atômico do Irã em troca da suspensão das sanções econômicas internacionais.

Schmid defendeu a cooperação com o Irã, assim como o diretor-geral de Energia da Comissão Europeia, Dominique Ristori, que afirmou que a UE apoiará as atividades nucleares pacíficas do Irã.

Ristori acrescentou que a UE está decidida a "melhorar a cooperação em matéria de energia nuclear" com o Irã, país ao qual está tentando transferir suas experiências sobre o tema.

Os dois responsáveis europeus participaram hoje de um seminário sobre cooperação nuclear em Isfahan, depois de terem realizado ontem em Teerã a terceira rodada de diálogo político de alto nível entre o Irã e a UE.

Nesse seminário, o porta-voz da Organização de Energia Atômica do Irã (AEOI, na sigla em inglês), Behrouz Kamalvandi, advertiu que Teerã monitora de perto o Congresso americano e que qualquer medida contra o pacto nuclear deixará "os EUA isolados".

No dia 13 de outubro, o presidente americano, Donald Trump, ameaçou abandonar o acordo se seus "defeitos" não forem corrigidos através de uma negociação internacional ou de uma lei do Congresso de seu país.

A alta representante da União Europeia para a Política Externa, Federica Mogherini, se reuniu no início deste mês em Washington com congressistas e com o vice-presidente americano, Mike Pence, para tentar convencer os EUA a seguirem no pacto.

A Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) confirmou em nove ocasiões que o Irã está cumprindo com os compromissos estabelecidos pelo acordo nuclear.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos