Avião militar britânico chega à Argentina para ajudar nas buscas ao submarino

Londres, 23 nov (EFE).- Um avião da Real Força Aérea (RAF) britânica chegou ontem à Argentina para ajudar nas buscas ao submarino ARA San Juan, desaparecido no Atlântico com 44 tripulantes a bordo, informou nesta quinta-feira o Ministério de Defesa.

Esta é a primeira vez que um avião militar que decola do Reino Unido chega a solo argentino desde a Guerra das Malvinas de 1982, entre ambos países pela posse das ilhas.

Um porta-voz do Ministério de Defesa em Londres indicou que trata-se do avião RAF Voyager, que decolou da base militar Brize Norton, no condado de Oxfordshire (sul da Inglaterra), para voar à Argentina.

Deste modo, o Reino Unido soma-se a outros países que participam das buscas pelo submarino, que perdeu contato na semana passada enquanto navegava para o porto argentino de Mar del Plata.

Segundo a fonte, o Voyager tem três toneladas de equipamentos e se soma aos trabalhos do avião de patrulha HMS Protetor, da Royal Navy (Marinha), que tinha chegado a águas argentinas no domingo.

A Marinha Argentina informou ontem que está analisando uma "anomalia hidroacústica" que foi detectada há uma semana na zona do Atlântico onde houve o último contato com o submarino ARA San Juan. EFE

vg/ff

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos