PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Deputado britânico Ivan Lewis é suspenso de partido após acusação de assédio

23/11/2017 13h09

Londres, 23 nov (EFE).- O Partido Trabalhista britânico informou nesta quinta-feira que suspendeu o deputado Ivan Lewis enquanto investiga uma acusação de assédio sexual contra ele.

O partido liderado por Jeremy Corbyn afirmou que "leva muito a sério as alegações de assédio sexual" e indicou que a filiação de Lewis está "atualmente suspensa" enquanto as denúncias são esclarecidas.

No início de novembro, o deputado pela circunscrição de Bury South afirmou que nunca tinha mantido contato de natureza sexual "não consentido" com mulheres.

Através dos seus advogados, Lewis pediu desculpas, no entanto, se seu comportamento foi "incômodo" para algumas colegas, as quais admitiu ter convidado para sair e desenvolvido em algumas ocasiões "fortes sentimentos por elas".

O deputado se pronunciou desta forma depois que a imprensa britânica publicou o relato de uma mulher que o acusava de tê-la tocado e convidado à sua casa em 2010, quando ela tinha 19 anos, durante um congresso do Partido Trabalhista.

Em um primeiro momento, a legenda opositora confirmou que estava investigando as acusações, mas não suspendeu o parlamentar.

Ao confirmar agora sua suspensão, Ivan Lewis, divorciado, de 50 anos e pai de dois filhos, passa a ser, por enquanto, um deputado independente na Câmara dos Comuns.

Internacional