Estação de metrô é reaberta em Londres após polícia descartar tiroteio

Londres, 24 nov (EFE).- A estação do metrô de Oxford Circus, no centro de Londres, foi reaberta na tarde desta sexta-feira depois que a polícia não encontrou evidências de qualquer disparo de arma de fogo, apesar de ter recebido vários alertas nesse sentido que levaram os agentes armados a esvaziar o recinto.

A Polícia Metropolitana de Londres (Met) deu por concluído o incidente e a autoridade de transportes (TFL) informou que os trens estão operando com normalidade tanto em Oxford Circus como na estação adjacente de Bond Street, que também foi fechada para evitar aglomerações.

As testemunhas descreveram correrias e cenas de pânico no entorno da estação, uma área comercial que estava cheia de compradores que aproveitavam os descontos da "Black Friday".

"Não localizamos nenhuma pista de suspeitos, nenhuma prova de que tiros foram disparados, nem feridos", informou a Met.

Pouco antes, as forças de segurança tinham advertido que agentes armados tinham comparecido ao local e tratavam a situação "como um possível incidente relacionado com o terrorismo", depois que receberam diversos alertas.

As forças de segurança informaram apenas que uma mulher sofreu um ferimento leve quando deixava a estação de metrô.

A polícia pediu aos cidadãos que estavam em áreas próximas da estação que permanecessem no interior dos edifícios, mas já deu sinal verde para que possam sair.

As lojas da região também fecharam suas portas após o incidente e as pessoas se refugiaram em pubs e estabelecimentos próximos da estação, segundo o relato de testemunhas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos