Três boinas azuis e um soldado malinês morrem em ataque no Mali

Bamaco, 24 nov (EFE).- Três boinas azuis da missão da ONU no Mali (Minusma) e um soldado do exército do Mali morreram nesta sexta-feira em um ataque sofrido na região de Menaka, no centro do país, onde operam grupos jihadistas, informou a Minusma em comunicado.

O ataque causou, além disso, vários feridos da Minusma, alguns em estado grave, enquanto os agressores - até o momento não identificados - também sofreram baixas sem que se conheçam os detalhes.

O ataque aconteceu na manhã da sexta-feira quando a Minusma e o exército malinês realizavam uma operação conjunta e foram surpreendidos por fogo inimigo.

O chefe da Minusma, Mahamat Saleh Annadif, afirmou em mensagem de condenação que a operação conjunta buscava "a proteção dos civis na região e a entrega de assistência médica à população mais vulnerável".

Os diferentes grupos jihadistas que operam no Mali tinham como reduto o nordeste do país, mas cada vez com mais frequência ampliam seu raio de ação para o centro e sul do país, transformando-o num dos mais perigosos do Sahel e fazendo da missão da ONU a que mais sofre baixas das atualmente enviadas no mundo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos