PUBLICIDADE
Topo

Incêndio em hotel onde aconteceria concurso Miss Geórgia deixa 11 mortos

25/11/2017 06h49

Moscou, 25 nov (EFE).- Pelo menos 11 pessoas morreram e outras 21 ficaram feridas no incêndio do hotel "Leogrand", que seria sede do concurso "Miss Geórgia 2017", na cidade de Batumi (Geórgia), de acordo com informações passadas à Agência Efe pelo Ministério do Interior do país.

Entre os mortos no incêndio, que teve início na noite de sexta-feira, estão dez cidadãos georgianos e um iraniano.

A vida dos 21 feridos, entre eles vários turistas procedentes de Israel e Turquia, não corre perigo, segundo as autoridades do país.

Os bombeiros retiraram cerca de 100 pessoas do hotel logo após o início do incêndio, entre elas as 20 participantes do concurso de beleza programado para acontecer no domingo.

Segundo dados preliminares, o fogo teve origem no quarto andar do hotel, um edifício de 22 andares cujos proprietários já tinham sido multados pela Câmara Municipal de Batumi por falhas na segurança contra incêndios.

O ministro do Interior, Guergui Gajaria, explicou que o hotel não tinha uma escada de emergência.

Já o primeiro-ministro da Geórgia, Giorgi Kvirikashvili, - que chegou a Batumi procedente de Bruxelas, onde participou da cúpula entre União Europeia e seis das antigas repúblicas soviéticas - prometeu punir os responsáveis pela tragédia.

"As pessoas responsáveis pela tragédia serão punidas com toda a dureza da lei", disse Kvirikashvili.

O hotel "Leogrand", propriedade de uma empresa turca, foi construído há apenas dois anos.